Bolo de limão siciliano e chá lady grey, versão metida a besta de um bolo de iogurte

bolo chá3Essas lindas folhinhas azuis no chá são na verdade flores secas. São centaureas.

Às vezes acho que uso expressões idiomáticas além da conta. Ou talvez seja normal usar, mas geralmente ninguém percebe. Nem quem fala e nem quem ouve. Enfim, hoje o liquidificador me fez pensar em outra expressão dessas: “mão na roda”. Porque acho o máximo podermos fazer bolos vapt-vupt. E bolos muito bons. Desde aqueles das receitas que seguimos à risca (“à risca”? Será esta também uma expressão idiomática?) até os que inventamos com o que temos em casa.

Inventar. Adaptar. Foi assim que hoje fiz um bolo “metido a besta” (outra expressão idiomática). Peguei a receita preferida de bolo de iogurte da minha mãe e resolvi transformar num bolo de limão siciliano e chá.

Isso para poder aproveitar o iogurte natural abandonado na geladeira (porque no frio não tenho vontade de comer coisas frias) e os limões sicilianos pelados (porque as cascas usei para fazer biscoitos e eu não posso tomar suco de frutas cítricas).

E influenciada por conversas sobre o uso de chá como matéria-prima na execução de doces e salgados, resolvi utilizar o Lady Gray (chá preto aromatizado com raspas de laranja, limão e bergamota) da linda coleção da Twinings de chás que ganhei de uma amiga.

Ficou interessante, mas assim como o bolo simples de iogurte, este também deve ficar melhor no dia seguinte. De qualquer forma é uma boa e rápida opção para o lanche da tarde quando recebemos uma visita ou para quem, como no meu caso, gostaria de levar algo para animar alguém doente (mas que pode comer bolo).

bolo chá6

Bolo de iogurte

4 ovos

2 xícaras de açúcar

2 xícaras de farinha

1 copinho de iogurte natural

1/2 xícara de óleo

1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de fazer:

A receita pede para que bata todos os ingredientes no liquidificador. Eu prefiro separar a farinha e o fermento pra evitar um atolamento. Coisa minha. Mas nada que complique o processo.

Numa vasilha, misture a farinha com o fermento e reserve.

Bata no liquidificador todos os outros ingredientes.

Misture o líquido à farinha. Mexa bem com um batedor manual (fouet) e despeje numa forma untada (eu unto só com manteiga).

Versão limão siciliano e chá 

Adicionar à receita acima:

– suco de dois limões (fica melhor se acrescentar também as raspas)

– 3 colheres (chá) de lady grey ou earl grey. Ou o conteúdo de um saquinho.

Acho que dá pra inventar bastante, com esta ou qualquer outra receita básica de sua preferência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s